Reforma de sofá e tapeçaria na Lapa

TAPEÇARIA DE SOFÁ RECLINÁVEL NA LAPA
Sofá reclináveis são um verdadeiro show de luxo e conforto. Já imaginou você lá em frente à sua tv deitado confortavelmente e relaxando depois de um grande dia de trabalho? Sofá reclináveis são estruturas projetadas de forma que possam cumprir com os requisitos das necessidades e desejos de conforto de pessoas que não são conseguidas quando se adquire sofá de estrutura fixa. Você pode ajustar o seu corpo em uma posição confortável, fazendo ajustes em sofá. Você também não tem que fazer um grande esforço para adequar esses ajustes. Você só precisa pressionar um botão e, em seguida, uma série de mecanismos lhe auxiliará para conseguir a melhor posição possível proporcionando o conforto desejado. Uma poltrona reclinável também pode ter um opcional de controle remoto para facilitar o ajuste ao seu gosto.


TAPEÇARIA DE SOFÁS E SOFÁS MODERNOS E BONITOS NA LAPA
Na hora de escolher um sofás não se esqueça de levar em conta o tamanho do ambiente, estilo de decoração pretendido e outros ítens como: cortinas, tapetes,estante e rack. Existe inúmeros modelos de sofás e na certeza algúm se ecaixará em sua sala combinando perfeitamente com todos os outros ítens. Utilizando sofás modernos deixará o ambiente bonito, charmoso e acima de tudo aconchegantes. Pode se inspirar fazendo buscas em lojas ou procurar o sofás do sonho pela internet.




BAIRRO DA LAPA
No ano de 1561, há evidências de que os jesuítas ganharam uma sesmaria na região.
Em meados do século XVIII, uma propriedade da região se destacava: a Fazendinha da Lapa, que recebera este nome devido ao fato de os jesuítas terem sido obrigados a realizar uma missa anual a Nossa Senhora da Lapa em troca das terras.

Por volta de 1743, os religiosos abandonaram o local devido ao seu terreno acidentado e à falta de mão de obra,
se mudando para a Baixada Santista.

No final do século XIX, chegaram os italianos, vindos do norte da Itália os tiroleses e da região de Veneza.
Houve, também, imigração portuguesa, espanhola, francesa e sírio-libanesa.  Estes eram comerciantes, profissionais liberais, artesãos, sapateiros ou alfaiates. A influência italiana no bairro é muito significativa, tanto que alguns logradouros do bairro têm designações que fazem referência à Itália, e ao Império Romano, tais como: Roma, Coriolano, Cipião, dentre outros.

No século XX, o bairro se tornou industrial. Através da construção da Estrada de Ferro São Paulo Railway e de suas oficinas, houve a implantação de indústrias como a Vidraria Santa Marina e os frigoríficos Armour, Bordon, Swift e Wilson. Estes estabelecimentos trouxeram operários e técnicos ingleses, croatas, lituanos, poloneses, russos e húngaros, que passaram a ser moradores do local e da Lapa de Baixo. As indústrias baseavam-se na proximidade com o Rio Tietê, multiplicando-se ao longo dos anos.